quinta-feira, 1 de maio de 2014

Belezas que quase nunca vamos ver

Eu moro a mais de dez anos na Bahia e fui apenas duas vezes nos Azuis, a segunda neste domingo.



É engraçado esta relação de desdem com as belezas naturais da região que nos cerca, enquanto idolatramos aquelas a 1.000 km de distância e ainda achamos o cumulo os moradores dos arredores não ir apreciar tamanha beleza. Enfim.
Ah mas os Azuis é pequeno para tamanha publicidade, mal cuidado, cheio de lixo, etc e tal. Em partes tenho que concordar, é pequeno mas isto não diminui a sua beleza. Quanto ao cuidado e lixo, o mesmo esta revitalizado e tem restaurantes e até uma pousada bem caprichada para os viajantes.
Ok que baixa lá aquele tipo de pessoa que coloca som nas alturas e atrapalha o dia de todos como se o mundo gostasse da mesma música. Infelizmente há pessoas assim em todo canto, de norte a sul, não adianta chorar.
Bom, do lugar que moro (a curva do vento da Bahia) são km e infelizmente² parte da estrada é de chão graças ao governo lindo que temos neste Estado. E não é uma estrada de chão qualquer, é lama, areia e muita poeira dependendo do clima. Ir com carro baixo na época de chuva  é pedir para ficar atolado na lama, ir de carro baixo na estiagem é pedir para ficar atolado na areia, resumindo, não vá de carro baixo!

Rio Azuis é um rio localizado no município brasileiro de Aurora do Tocantins, no estado do Tocantins. Com uma extensão de apenas 147 metros, o Rio Azuis é considerado como o menor rio do Brasil e o terceiro menor rio do mundo. O rio está situado às margens da rodovia TO-110, bem próximo ao limite intermunicipal entre Aurora do Tocantins e Taguatinga (no rio Sobrado). O Rio Azuis possui uma vazão de aproximadamente 11.000 litros de água por segundo, com águas transparentes com pedras em seu leito de cor azul-esverdeado. É devido à transparência de suas águas que o rio passou a receber o nome de Rio Azuis. O rio possui em suas margens alguns bares e restaurantes que servem aos visitantes bebidas e pratos típicos do Tocantins. A partir da rodovia TO-110, há uma pequena rua pavimentada que segue até a nascente do rio. Fonte

Chegando lá tem uns três a cinco restaurantes que servem comida tipica de interior, ou seja, galinha caipira.  Mas não se desespere que tem outras opções, sim. A cerveja Brahma pagamos 5 pila e prato de galinha caipira para cinco pessoas 75 reais. Se você achou caro é porque não viu o quanto comemos e sobrou, e como sobrou! É muito bem caprichado as quantidades (galinha caipira, arroz, pirão, salada).
Eu aconselho ir cedo para aproveitar o lugar com poucas pessoas, assim você curte o lugar melhor, a paisagem, calmaria, a água linda e azul (por isso o nome: Azuis). Após o meio dia as pessoas que moram perto vão para lá relaxar e com elas veem o som alto e as musicas encantadoras. Faz parte.
Mesmo com a estrada ruim e alguns poréns que não gosto (olha o som alto de novo ai gente!) é um ótimo lugar para passar um domingo e começar a semana revigorada.
Para ver fotos dos Azuis que tirei vai lá no meu Insta e aproveita e me segue =]
Postar um comentário