terça-feira, 25 de maio de 2010

Reticências


É algo, assim, involuntário.

Poderia escrever milhões de palavras para dizer que te quero bem, mas pareceria muito pouco, pequenino demais para a grandeza disso tudo.
Sentir sua falta faz com que meu coração se sinta insignificante e vazio.
Desculpe-me se estou sendo um tanto sonhadora, mas prefiro só aprender a voar junto com a pessoa que eu realmente quero ao meu lado do que dar pequenos vôos e depois cair no chão machucada.
Não troco meus sorrisos bobos de amor, essa alegria mansa, a saudade dolorosa e ao mesmo tempo gostosa de se sentir por algo que não existe...
Por uma Ilusão.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Patinho feio

Ser educado é uma das maiores virtudes que sua família pode lhe ensinar, é uma das mais importantes que você realmente tem que prestar a atenção e aprender, ou seja, sem ela você vai cuspir pra cima e este cuspe vai cair na sua testa (muito profundo)
Resumindo:
Lembro-me da minha adolescência muito tranquila onde eu era a magricela com uma amiga que possuía o posto da gostosa. Mas, como toda mente “rilex” eu não me importava, nunca me liguei para esta questão: corpo escultural (sinônimo de bundão, peitão, coxão…).
Apesar das chacotas serem até maldosas pro meu lado eu nunca perdi uma noite de sono por causa deste assunto. O que não quer dizer que eu não ficava chateada, porque eu ficava. A sensação é horrível…
E pior, até o cara que se relacionava na época com essa minha amiga (que também não é amiga mais), tirava onda da minha cara… Mas tudo bem, Deus escreve certo por linhas tortas… Certo?
Corretíssimo!!!
Hoje, eu mantenho meu lindos 52 Kg comendo muito chocolate, churrasco e lanche do celso e tudo mais a que eu tenho direito estipulado na coluna da planilha de dietas com o título “foge deles se não você engorda”… Já este indivíduo (triste coitado) esta uma bolinha de gorda, o corpo escultural dos seus 15 anos foi embora junto com os seus 15 anos…
Tai pessoal, é aquele velho ditado: nunca fale de ninguém porque no futuro pode ser você… Neste caso, onde eu era a graça de ter meus cambitinhos sou feliz e vista de outra forma, já os que tiravam onda hoje são umas bolinhas ou os olhos que me olham… Sacou?!
Quem um dia já foi o patinho sabe do que eu estou falando…
OBS: ESTE POST NÃO É UMA APOLOGIA A MAGREZA E AS FORMAS DE CONQUISTÁ-LAS. CADA UM TEM QUE SE AMAR DO JEITO QUE É.