quarta-feira, 23 de abril de 2014

monsters



No mar de monstros da minha vida
estive acompanhada de sugadores
havia qualquer coisa, menos amor
não conseguia distinguir

Dance, dance conforme a música
estamos de mãos dadas e ao mesmo tempo sozinhos
não me cobre o beijo de bom dia mas
não deixe-me em uma cama vazia hoje

Queremos a liberdade que nos foi roubada
queremos a união que nunca experimentamos
encher a cara sem  importar-se
dançar até morrer

sussurros são o nosso afeto de hoje
nada de abraços e troca de olhares de paixão
são corpos entrelaçados e olhos de desejo
imaginariamente o carinho que poderia expressar

A solidão me cai bem
e assim quero permanecer mas
não precisa sair agora
temporariamente encontramos o que sempre procurávamos


V.S.R.




Bom dia galeree! Feliz Páscoa para todos vocês!
Gostaria de contar algo muito importante que aconteceu nesta linda e feliz páscoa: eu comi carne vermelha na sexta-feira santa.
Queimarei no inferno.





Postar um comentário