segunda-feira, 6 de outubro de 2014

#21 - Coisas que aprendi antes dos 25 - Mantenha a sua volta pessoas que te fazem bem


Por que já é a metade de cinquenta e alguma coisa eu devo ter absorvido de todos os socos que levei desta moça chamada vida.


Mantenha a sua volta pessoas que te fazem bem





O esquema das amizades:
  • Quando você esta no ensino fundamental seus amigos são mais de quarenta pessoas e a alegria rola solta nos aniversários porque, tem coisa melhor que aniversário cheio de amiguinhos legais? Terão sempre aqueles rabugentos mas no fundo, você não se importará com isso. O importante são os presentes, as brincadeiras e a diversão pura. 
  • No ensino médio este número se reduz a trinta e olhe lá. Destes quase trinta se for verificar a fundo, a maioria seria mais convidados pela educação. Amigos mesmo, já são poucos.
  • Da faculdade em diante é um "tchau amigos" que chega a ser deprimente. Se for contar quantos a-mi-gos possui, aqueles de verdade, que pode contar em todas as horas; não somarão dez. A muito custo passarão de dez. Agora, na hora de festas e eventos sociais o que não falta são "colegas", pessoas que você até gosta mas sabe que não passa daquilo, são os seus círculos sociais e eles crescem e COMO crescem. Na formatura, aniversários e até quem sabe no seu casamento a peneira rola solta. Haja dinheiro para alimentar e embebedar tanta gente.

Resumindo?
Amigos de verdade sempre serão poucos. Colegas sempre serão muitos. Se você identificou-se com uma pessoa e esta florescendo uma amizade, cuide dela. Poderá ser para a vida inteira. E posso afirmar, não há nada neste mundo mais gostoso que ter a consciência que é rodeada de pessoas que você ama e das quais as querem por perto. A idade naturalmente filtra a quantidade de amigos mas isto não te impede de investir em novas.
Eu tenho orgulho de dizer que possuo muitas amizades que têm MAIS de DEZ ANOS,  outras tantas já caminhando para este número. Eu amo cada uma delas a sua maneira e a sua intensidade. Pessoas que fizeram parte de alguma etapa da minha vida do qual me marcaram, e vice-e-versa. Pessoas que faço questão de marcar encontros, jogar conversa fora, tomar um chima, participar da vida delas assim como elas da minha.
É claro que muitas vezes a correria da vida (trabalho, responsabilidades, estudos, etc) matam o seu tempo. Entretanto sempre que posso procuro mantê-las perto porque me fazem bem, melhor e mais feliz (e vice-e-versa). São pessoas que carrego no meu coração desde o ensino fundamental, outras desde o ensino médio e as mais novas são pessoas que conheci na faculdade e que tenho a absoluta CERTEZA que também serão para a vida inteira. Amigos da minha cidade natal Ijuí, amigos da época que morei em Rondonópolis e amigos que conheci em Lem que moram aqui ou que se mudaram (porém, nunca perdemos contato).

Cuide dos seus amigos 

Postar um comentário