quarta-feira, 23 de julho de 2014

1.000 volts




Bom dia pessoal!
Baila, baila, baila, bailaaa :D


 

Acordei meio surtada hoje, na pilha, e por qual razão? Tenho pós este final de semana BUÁÁ. Aquela sensação boa de preocupação zero, vento na cara, felizes finais de semanas, passarinhos cantando e vomitando arco-íris acabou e já sinto saudades. As minhas únicas ocupações era ocupar meu final de semana e lavar minhas roupas, né, mamãe não é empregada e cada um se responsabiliza por suas caquinhas semanais (leia-se roupas da semana).
Dai eu pensei: que cargas d'água estão reclamando estes filhos preguiçosos que não trabalham, pegam dinheiro com os pais, dão rolês no carro dos pais, tem uma única razão na vida (por enquanto) que é estudar e se formar para então começar a trabalhar, ganhar dinheiro, pagar suas próprias contas e comprar um carro para chamar de seu. Gente, que vida mansa. Me adota pais de filhos que se enquadrem na descrição acima. Quero um pouco de sombra e água fresca, essa vida adulta esta me matando e estragando minha cútis.
Então, perdemos a copa e o primeiro ponto positivo que penso ao lembrar deste evento no Brasil é: Nenhum. Mentira. Prestou para eu ter uma folguinha na pós, mais especificamente uns 40 dias de bunda pra cima. E os pontos negativos são: Só prestou para eu esquecer o assunto da última aula que foi a 40 dias atrás, do qual tenho avaliação nesta quinta-feira. Valeu Copa e por isso que estou nesta pilha toda.
Pessoas, relembrar assunto é o Ó. Quando a coisa esta quente na memória é um mar de rosas, ao contrário é uma tortura noturna rever cálculos, fórmulas, significados, Ks, beta, custo ponderado de capital próprio, risco de mercado, quem descobriu a América e por qual razão o céu é azul. Difícil.
Outra questão que vai começar a tirar meu pouco sono e cair mais meus cabelos é o TCC. Já comentei dele a uns posts atrás e até vou fazer publicações especificas deste diabo projeto aqui no bloggerr. Dar uma luz aos desesperados de plantão que borrão as calças só de pensar em um trabalho de conclusão de curso, não que seja tão fácil assim (da trabalho, muito trabalho) mas, com um bom planejamento e foco você, eu e todos que um dia precisaram escrever no mínimo 60 páginas de linguiça produção consegue SIM. Vale lembrar que este será meu terceiro trabalho acadêmico o que não me torna fodona nas publicações mas, da pro gasto.
Ah sim, já ia esquecendo. A música que compartilho hoje é do Enrique Englesias, Contigo. Mega hiper ultra estupenda. Da vontade de fazer as malas e partiu México. Falar em México, indico o Blog Kamila Del 8, é de uma conhecida que fez um intercâmbio de seis meses lá; bem legal.

Beijo na testa.

Postar um comentário