quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Saga das Férias, aniversário, trabalho, cabelo e outras coisas

Olá galeresss! Vocês devem ter percebido, ou não, que andei deixando isso aqui as moscas. Pois é, eu não tenho uma desculpa especifica então vamos ao o que interessa: o último MIMIMI do ano e algumas novidadezinhas - inhas.


Seguinte. Sombra e água fresca é tudo o que precisamos depois de vários meses trabalhando e estudando duro. Ao longo do ano vamos acumulando situações tão estressantes e de muita pressão que no fim das contas tudo que desejamos é uma folguinha. Aquela escapada da rotina. A espairecida ideal.
Não é sempre que dentre os vários feriados prolongados conseguimos viajar, este ano mesmo consegui esta proeza uma única vez. Então, a tão desejada férias é o momento de colocar os pés para cima e relaxar. Bom se fosse apenas isto, né amigos?
A bendita palavra “programação” é o último teste de Odin para o seu ano e acreditem, da trabalho. A não ser que você viagem sozinho - o que não é uma má ideia - tudo será resolvido em um estalar dos dedos. Mas retornando, 99% da população viaja pelo menos com uma pessoa a tira colo.
Acho que me estressei mais planejando esta bagaça do que propriamente dito com meu trabalho. Mentira. Este ano foi O CÃO chupando manga. Sinto falta de uns emojis do WhatsApp para expressar meus sentimentos quanto a isto. Enfim, depois de M-E-S-E-S de briga e discussão, eu e meu namorado batemos o martelo quanto ao lugar e data da nossa viagem. Aham. Aham. Bahia Beach, casal aventura ataca novamente.
Agora a minha contagem regressiva já iniciou-se e já antecipo que esta é - sim - a última do ano. Só vou aparecer ano que vem com muuuuuuuuuuuuuitas coisas para contar, dicas de lugares para vocês irem, passeios, gastronomia, praias... Aguardem, hehe.


Bom, novembro como sabem é o meu mês. O mês da tortura, do mal humor, da falta de paciência e tudo isso porque eu faço aniversário. Algo ruim? Não. Mas, não sou chegada nos nivers.
Teve de tudo: cerveja no café da manhã, churras de última hora, namorado trabalhando igual escrava Isaura e não pode comparecer na comilança... Ah, teve drama, "véia" enchendo o saco e um tanto de coisas mais. Eu não sei se vocês estão fazendo as contas mas, eu completei 26 anos e é só. E estou meio cansada deste inferninho astral que é TO-DO mês de novembro, até porque ano que vem vai rolar 27 anos e oficialmente estarei "perto dos 30", o que é meio, meio... Azedume de sempre. Flw.


Na cidade curva de rio que eu moro abriu recentemente um cinema (som de tambores) e até que ele presta, gente! Fui a alguns dias e assisti o nuevo 007 Contra Spectre e esta demais amigo, pode confiar na Carol aqui. Tem muita luta, reviravoltas, gostosas que o Bond sempre pega... Enfim, é um bom filme e não deixou a desejar.


Como estamos chegando ao fim de mais um ano, é a hora de fazer o balanço da lista lá do início do ano. Lembram? É a hora verdade. PÁ!

Em partes estou muito feliz com os acontecimentos deste ano. Concluí a minha pós, meu trabalho de conclusão do curso foi aprovado e diga-se de passagem com uma nota muito boa (hehehe). Fiz alguns cursos que desejei, comprei muitos muitos muitos livros e tenho sérios indícios que falta menos de 20 livros para chegar a 100 unidades. Ah, consegui novamente viajar para um lugar novo (ano passado foi para Curitiba e este ano foi Caldas Novas apesar de ter ficado poucos dias), estou firme e forte no Inglês (no segundo livro) e o meu pé de meia para meu primeiro possante esta engordando significativamente. Joinha pra mim.

Confesso que este ano bebi bacaraí e não estou muito orgulhosa porque eu pisei em 2015 com um papo "to tentando parar de beber e talz". Tudo em vão.
Calma pessoas, não sou uma alcoólatra apesar dos alcoólatras negarem que são alcoólatras... Mas eu estava querendo encarnar em 2015 uma vibe zero álcool mesmo, sem um pigo. Nada de nadica mesmo. Pois bem, passei longe deste objetivo.

Si pá eu na festa de 15 anos.

Si pá eu no casamento da minha galega.

Si pá eu na confraternização de fim de ano.

Complicado.

Detalhe, passei A TESOURA no cabelão então, segue lá no INSTA que já já vai aparecer minha revolta.

Teve também muitas coisas pequenas que eu queria ter feito este ano mas, não consegui. Admito. Confesso que foi falta de organização, tanto do tempo quanto financeiramente. Entretanto 2016 esta ai e para ele tenho GRANDES planos. Grandes mesmo, então: Foco!

Como eu realmente acredito que 99% da população seja como eu: Lista de planos que sempre fica pela metade; eu fui atrás de algo que me motivasse, ou melhor, alguma dica que me colocasse nos trilhos. Para começar 2016 com um pé mais que direito, sabe?

Então lá vai! (li no SOS Solteiros)

Durante a Lifestyle Academy 2015, a escritora do livro Escolha Sua Vida, Paula Abreu, revelou 10 passos para serem executados em 10 dias e finalmente mudar a sua vida e sair das promessas clichês.
“Para viver a vida que sonhamos é preciso colocar-se em movimento. Com esse plano é possível aprender um ciclo de ações que contribui para a realização de sonhos em diferentes áreas da vida”.


1. Faça uma limpa
Para começar, se livre das tralhas que você junta sem necessidade, “dessa forma você vai enviar uma mensagem ao universo mostrando que está pronta para que o seu desejo se realize”, ressalta Paula.
Vá aos poucos e por objetivos, por exemplo, se a meta é melhorar a sua alimentação, abra a geladeira e jogue fora os sachês de catchup do McDonald’s que está guardado há meses ou a caixa de leite escondida que já deve ter virado coalhada. A dica vale também para quem quer começar um namoro ou esquecer o(a) ex: “Enquanto você não jogar fora as coisas relacionadas ao último relacionamento, o vínculo com aquela história vai dificultar a sua entrega para um novo amor”.

2. Deixe a negatividade pra trás
Você consegue contar quantas vezes deixou de fazer alguma coisa que queria já pensando que não daria certo? Isso é um erro e realmente impede que as coisas aconteçam. Costumamos procurar pontos negativos até encontrar. Um exemplo é quando você decide fazer dieta e pensa que terá que renovar todo o guarda roupa.
Paula dá a dica de criar uma lista sincera pra si mesmo(a), “Coloque no papel as cinco coisas negativas que podem acontecer se o sonho for realizado“.

3. ‘Vibes’ positivas!
Agora que você listou os sentimentos negativos, substitua-os por coisas positivas. Escreva no papel do mesmo modo que fez com os negativos, e use-o para lembrar o que é bom nos momentos de medo e insegurança. Essa lista vai te ajudar quando achar que chegou ao seu limite ou que não conseguirá realizar algo.

4. Compartilhe sua meta
Conte para as pessoas sobre seus objetivos e metas. Quando você compartilha com alguém, seu comprometimento aumenta e faz com que você dê o seu melhor e queira alcançar seus objetivos ainda mais rápido

5. Mais detalhes
Já que você chegou na metade, agora deve planejar os detalhes da sua meta e aprofundar as informações necessárias para a mudança. Como no exemplo que a Paula nos dá: “Quem tem uma meta de ter mais tempo livre ou ser mais produtivo, deve repensar sua relação com as redes sociais e mensagens instantâneas”.

6. Hora de agir
Objetivo e metas traçados, você definiu o que quer, é só planejar o primeiro passo a ser feito. Agora é a hora de se matricular na academia, procurar e mudar de emprego ou fazer o orçamento da viagem que deseja. E mãos à obra!

7. Se recompense
Se até Deus descansou no sétimo dia, por que você também não pode?
Agora que você começou a agir, após todo esse trabalho de aprimoramento, respire. Faça algo que te dê prazer e satisfação, pode ser um dia inteiro assistindo Netflix e comendo besteiras ou ir caminhar ao ar livre em algum parque da cidade. O que importa é você se sentir bem e relaxado(a).

8. Pense nas coisas boas que vão acontecer
Esse é o passo que mais exige mentalização positiva. Liste, com todos os detalhes possíveis, todas as coisas boas que vão acontecer quando atingir sua meta. “Quanto mais sentimentos positivos a pessoa conseguir gerar em relação àquela meta, mais motivada a alcançá-la ficará”, explica Paula.

9. Procrastine da maneira certa
A escritora ressalta que deixar para fazer uma tarefa depois, às vezes, pode ser visto como algo positivo. Faça uma atividade ligada a sua meta que mude sua rotina de alguma maneira, como por exemplo, em vez de ir para a academia hoje, que tal entrar em contato com a natureza?

10. Comemore!
Lembre-se sempre de comemorar suas pequenas conquistas. Se ainda não atingiu a meta traçada no início, já deve ter realizado progressos à respeito ou aprendeu coisas novas e isso vale a pena comemorar. 
“Faça um jantar especial, vá a algum lugar que goste, chame os amigos ou aquela pessoa especial. Não precisa ser algo grande. O importante é ser grato por esse momento”, indica Paula.

E por fim, sim eu sei que esta ficando textão mas aguenta que esta quase acabando.


Por fim, hoje saiu o trailer do filme sobre a história vida e morte Severina de José Aldo, o lutador lá de MMA se você estiver perdidão.
Seguinte, o filme parece tão foda e bem feito que nem precisou de nem uma cena sequer de fala para explicar qualquer coisa, bastou o vozeirão da Lorde interpretando a música “Everybody Wants To Rule The World” que esta tudo certo.
Da play e fique ansioso como eu, aguardando este novo filme brasileiro ser lançado.


Agora sim. Feliz natal a todos vocês que passam por aqui. Muitas alegrias, festa, diversão e um réveillon supimpa.

FUI.
Postar um comentário