sábado, 24 de outubro de 2015

[EU INDICO] O interior com cara de cidade grande - Caldas Novas


Jardim Japonês

Olá pessoal! Feriadão já passou e deixou gosto de tranquilidade, curtição e de quero mais. Não fiquei na Bahia mas foi como se estivesse porque o calor... Aaaah, o calor do Goiás não tem igual.
Nesta folga decidimos ir conhecer uma cidade muito aclamada pelos apaixonados pelo sertanejo, tudo porque lá acontece o maior festival sertanejo (acreditou eu): o Caldas Country. Com o nome já descobriram aonde fomos né, hehe.

Um gato (pelo menos achei) e na calda uma cabeça de uma cobra. Em madeira

Este festival acontece no final do mês de outubro. Logo, a cidade não estava - ainda - na loucura do festival mas vimos as estruturas dos palcos já sendo montados. Caldas Novas ou capital das águas quentes é um município de aproximadamente 82 mil habitantes. Ela é conhecida por ser a maior estância hidrotermal do mundo, águas brotam do chão em temperaturas que variam de 43° a 70°. Loucura né! Devido a isto, Caldas é movida pelo turismo e, após umas pesquisas, descobri que ela chega a receber 500 mil turista na alta temporada.

Caldas oferece de tudo um pouco. Desde hotéis caros de doer e de  muito luxo até pousadas e chalés. A diversão fica por conta do ecoturismo, parques aquáticos (minha paixão), clubes, bares e boates.

Para você que esta afim de conhecer, pode ir de carro, ônibus ou de avião. Aeroporto Nelson Ribeiro Guimarães foi inaugurado em 2002 e tem voos comerciais regulares da Azul e Gol. Só para dar uma situada, Caldas fica a 165km de Goiânia, 300km de Brasília e 763km de São Paulo.

Como fomos em um feriadão prolongado deu para curtir bastante mas, ir com mais tempo com certeza é bem melhor. Há muito o que se descobrir em Caldas.
Então vamos aos registros fotográficos e as dicas?

:)
Primeiro, nós alugamos um apartamento. Ficou R$450,00 para cinco pessoas (poderia ser até seis), entramos no sábado e saímos na segunda. Como não olhamos hotéis mesmo, não sei a faixa de preço mas, este esquema de alugar ap tem muito em Caldas e é super tranquilo. Ponto positivo é que sai mais em conta que muitos hotéis já que rola uma ostentação na cidade. Ponto negativo é que não tem toda aquela mordomia de quarto arrumado e café da manhã delicioso.

Meu parceiro para as paradas :P
Fomos de carro para não ficar dependendo de nada e de ninguém - busão ou vans para conhecer os lugares. Eu sempre indico ir de carro para qualquer viagem, mesmo que gaste um pouco mais. Nada melhor que a liberdade de descobrir a cidade e suas nuances sozinhos. Rodamos 800km e foram arredondando 2 tanques ida e mais 2 tanques na volta.

Parada em Brasília é obrigatório, claro! Comemos no Outback Steakhouse (que delícia) e uma parada na Saraiva também é sagradinho. Não tirei foto da minha nova aquisição (que ganhei do meu amor) mas depois ele vai pro Insta :)
Juro, devo estar já na casa dos 80 livros.

Chopp Brahma
e mais chopp
Conhecemos o Jardim Japonês em Caldas. Incrivelmente lindo!





Parque aquático fomos em dois: Water Park e Hot Park.
O Water park é dentro da cidade, atrás da Praça Privê. Como entramos a tarde, foi cobrado R$35,00 de cada adulto e criança até cinco anos não paga. Tem de tudo: bar molhado, piscina com ondas, escorregadores para crianças, toboáguas para os adultos, um mini rio (piscina que corta o parque como se fosse um rio) além de piscinas normais para ficar de boa.
Passarela no meio da floreta. Hot Park

Já o Hot Park é fora da cidade. Ele é um parque de um Resort na verdade e, ouvi por bocas miúdas que é se não o melhor, um dos melhores hotéis da cidade. É absurdamente grande e tem muita, mas muita coisa para fazer. Você não tem ideia. O preço na portaria é R$130,00 mas se você comprar nos pontos de vendas da cidade o preço cai bastante. E quantos mais ingressos comprar, maior o desconto. Nós pagamos R$65,00 por pessoa e criança até cinco anos não paga. 
Passeio de Caiaque.
 Lá tem: piscina rio (piscina que corta o parque como se fosse um rio), vários toboáguas para todos os gostos (dos mais "de boa" até os mais radicais que arreguei mesmo), praia artificial, tirolesa, paintball, rapel, passeio de caiaque, bares molhados, piscina de ondas, piscinas normais... Não sei se foi tudo mas foram estas opções que vi do pouco que rodamos o park. Não deu tempo de conhecer tudo, além do fato de estarmos lá em um feriadão, então tinha bastante gente e mesmo assim não era aquela muvuca louca.
Na piscina rio

Nós, além de termos ido em alguns toboáguas e várias piscinas, fizemos tirolesa e passeio de caiaque. A tirolesa e o passeio de caiaque é pago a parte. R$28,00 cada. Achei bem barato e legal.

Nas duas noites jantamos no Chicago Steakhouse, bar de franquia que só tem em São Paulo e em Caldas Novas. A média dos pratos com carnes são na faixa de R$40,00 a R$70,00 arredondando, prato para uma pessoa mas serve duas de boa.

Decoração do Chicago Steakhouse
Chopp Amstel
Ele é um típico restaurante americano com aqueles pratos deliciosos de carnes (hum, deu água na boca só de lembrar). Como nós somos carnívoros ficamos só nos pratos com carne, aqueles cortes especiais, enormes e suculentos - nham nhma - mas, também tem petiscos, pratos com macarrão (que também não ficavam para trás em gostosura), peixe, alguns pratos mexicanos... Estes não recordo preço. No fritar dos ovos não achei nada com preço exorbitante. Se pudesse (e coubesse na barriga) comeria todos os pratos. hihi

Dry Martini não é feito com a bebida martini. Você sabia?

Além dos chopp's e drink tudo de bom que eu cai de boca, haha, tinha também cervejas especiais, vinhos, whisky's...
Chopp Heineken e Chopp Amstel
Eu amei ter topado este bar/restaurante bem estiloso. É o tipo de ambiente que eu e meu namorado curtimos bastante. O som ambiente também, ó, aprovadíssimo. Super indico Chicago Steakhouse, experiência única.

Enfim, os dias que passamos lá foram supimpas demais e pela média de preços (que lembrei para colocar aqui) deu para ver que não gastamos aquele horror de grana para ter um feriadão massa cheio de curtição. 
Além de ter me divertido demais nos parques aquáticos, ter conhecido um pouco da parte ecológica da cidade e suas opções noturnas, risque da minha lista 2015 o item - viajar/conhecer um lugar novo. Para quem não conhece ainda Caldas Novas, vá. Não irá se arrepender  :D
Postar um comentário