quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Jamais




 Embora sua dor pareça insuportável e sem remédio, ela há de terminar e alegria voltará a brilhar em seu nobre coração. Não há noites quentes à qual não suada é a luz de um dia radiante. Dos sofrimentos passados, conservamos apenas uma lembrança quase apagada. Assim acontecerá amanhã com sofrimentos de hoje. Entregue tudo ao seu tempo, confie em si, com sua mão compreensiva, embalse todas as suas dores. Eternize sua sabedoria, transforme ela em amor. 

Autor Desconhecido











Bom dia pessoal [as 12:00 da manhã]... Tem um tempo que não dou as caras por aqui, mas é que o tempo esta curto, muitas coisas acontecendo e talvez eu tenha dado atenção demais a situações desnecessárias. Não merecedoras.
Como promessa feita a mim, continuo devorando meus livros... Agora cheguei no “O Ladrão de Raios”. Esta certa que nem cheguei à página 100... Vamos indo com calma.
Nestes últimos dias tenho pensado muito no que é o melhor pra mim e como não estou tendo coragem de tomar essas decisões. O quanto nossos conselhos são ótimos para terceiros e nunca para nós.. E como tudo isso é ridículo...


Uma vez, disse a um amigo “você não deve aceitar algo do qual não concorda só para estar ao lado desta tal pessoa”... Acho que vou virar psicóloga. Mas quem vai ser o meu?
Postar um comentário