sábado, 9 de julho de 2011





É certo que vou perder o meu chão e acho que não há nada que eu possa fazer a não ser se deitar na cama que fizeram pra mim.
Não preciso lhe dar motivos para ficar
Mas sinto que terei que sobreviver até a ventania passar.
Porque não há mais ninguém aqui.




V.S.R
Postar um comentário