segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Eu recomendo: Arraial D'Ajuda - Trancoso - Porto Seguro

Lembrancinha que trouxe de Arraial D'Ajuda para minha mesa no escritório e nunca esquecer os melhores dias de 2014

Hello guys!
Após as festividades infinitas de fim de ano eis que coloco a cabeça no lugar e retomo meus afazeres, incluindo as postagens do blog :)
Como prometido antes do final do ano vou dar umas dicas bem bacanas que peguei nas minhas férias que teve como destino principal Arraial D' Ajuda e de quebra Trancoso, Porto Seguro e Santa Cruz de Cabrália, tudo isso para quem esta meio perdido geograficamente é no litoral mais pro sul da Bahia.

Então vamos lá!

ONDE?
Arraial D' Ajuda não é uma mega cidade e nem cidade não é. É um distrito pertencente a Porto Seguro City e é muito simples e pequena. Uma vila. Entendeu?
Só que a vila não tem nada a ver com Porto Seguro! Completamente diferente a sua maneira, super charmosa, aconchegante e literalmente curva de rio do mundo. Topei por lá de Argentino a alemão batata, dá de tudo com que tipo de gente e particularmente, amei a experiência.
Mapa da Vila com locais para se hospedar, comer, comprar e se divertir.

QUANDO?
Eu fui em dezembro na alta temporada :( Dias antes antecedendo o Natal e fui embora antes do Reveillon. Porque o smile triste? Por que alta temporada em qualquer lugar é triste devido aos preços. Mesmo assim, gastei menos do que esperava e mais abaixo explico.
Como em qualquer viagem indico ir na baixa temporada e as razões são óbvias: gasta menos com itens básicos (Hospedagem, comida e locomoção) é igual a poder gastar mais na diversão.
EU INDICO ir por meados de outubro porque é quando as baleias jubarte vem para a costa do Brasil, especificamente na Costa do Descobrimento.


MOTIVOS PARA VOCÊ IR LÁ:
É Cosmopolita, rusticamente charmosa e repleta de belezas naturais, esta "vila" que mais parece uma pequena cidade (peculiar e totalmente diferente do município a qual pertence, Porto Seguro) é destino obrigatório para quem quer fazer uma viagem de pura diversão!
CHARMOSO – O multicolorido que embeleza o Arraial d´Ajuda está em tudo, dividindo espaço com arquitetura rústica, pousadas que exprimem sentimentos, restaurantes surpreendentes. A cada esquina, um estilo. ENSOLARADO – Praias lindas e transparentes acolhem o sol a cada amanhecer e de forma delicada e sutil todos podem curtir um dourado bem dosado, com o prazer da música, dos amigos e das barracas de praia. ANIMADO – em cada rua, a cada esquina, a simpatia de sua gente torna acolhedor cada cantinho deste belo arraial. Manhã, tarde e noite repletas de novidades encantam a quem busca ideias originais de diversão e passatempo.
HOSPITALEIRO – Contato com a natureza e o desejo de satisfazer os sentidos das pessoas que buscam relaxar em Arraial d´Ajuda, o toque de originalidade está em todos os lugares, trazendo um visual despojado e aconchegante. COSMOPOLITA – "Aqui é a esquina do mundo", alguém disse um dia. Gente e cultura diversificadas, um pouco do mundo está aqui: música, dança, arte, gastronomia, hospitalidade. PRAIAS – Extensão de lindas praias. Águas claras e transparentes. Barracas com comidas típicas, mariscos e bebidas oferecem uma das maiores infra-estruturas do litoral brasileiro. A alegria é permanente onde todos se encontram e se curtem com boa música e bom papo. GASTRONOMIA – Chefs nacionais e grandes nomes da cozinha internacional transformaram Arraial d´Ajuda num dos maiores nomes da gastronomia voltada ao turista que quer aprecia "la belle cuisine". Restaurantes típicos, charmosos, aconchegantes e exóticos tornam qualquer paladar inesquecível. (Fonte


Praias paradisíacas

  POR QUE EU ESCOLHI LÁ
A minha decisão se baseou em três itens: KM a rodar, dias disponíveis para viajar e local novo para conhecer.
Eu moro na Bahia, no oeste do estado e tinha 17 dias de folga do trabalho, então tinha que encaixar uma viagem top em poucos dias. Dai você se questiona: 17 dias são poucos dias? É porque neste período incluía Natal e Reveillon o que torna tudo mais caro e, após várias pesquisas a seguinte constatação foi clara: Não rolava passar os dois viajando; era um ou o outro devido aos preços (até  abusivos). Decidimos então passar o Natal simplesmente porque era mais barato hahahaha. Depois de decidido o período, fui atrás de locais próximos (no litoral) onde não perdêssemos muito tempo na estrada já que íamos de carro, foi ai que me deparei com a Costa do Descobrimento (litoral das cidades de Cabrália, Porto Seguro, Arraial D'Ajuda, Trancoso e Caraíva) que ficava a 1.200 KM arredondando.
E por ultimo, era um local completamente novo pra mim sem contar que tudo é perto. Como fomos de carro, foi um tapa conhecer tanto as praias de Arraial, quanto Trancoso, Porto Seguro e até Cabrália. Ficavam todas a menos de 60 km do hotel que estávamos na vila.
e desertas  :D

ONDE FICAR
Se tem algo interessante lá é que tem para todos os bolsos. Em Arraial o lugar mais top é o Eco Resort Arraial D'Ajuda, uma mega estrutura de restaurantes e piscinas; fica na praia do apaga fogo.
Eu fiquei no Aquarela Praia Hotel, que fica ao lado do Eco Resort. Pelo o que pude ver são (se não forem os únicos) hotéis "pé na areia" de verdade, você realmente estará hospedado em um hotel em que a vista da sua janela será o mar. Neste hotel há várias tipos de quartos que atende a vários bolsos. EU INDICO pegar da ala nova que é de fato de frente ao mar, é suíte e muito mais legal. A diária foi em torno de R$ 370,00 (semana do Natal) e com pagamento integral antecipado é tranquilo negociar o valor. Tem restaurante de frente ao mar (e não é fechado apenas a hospedes) com um cardápio muito bom e relativamente diversificado entretanto, saiba que peixe e frutos do mar comandam a maioria dos cardápios dos restaurantes. Possui duas piscinas e uma com área para os pimpolhos; além dos deques com cadeiras, espreguiçadeiras e almofadas espalhadas de frente pra piscina e para o mar. Há, tem também churrasqueira e é liberado aos hospedes fazerem churras. Até no período que estivemos lá, um grupo fez dois churrascos. Outra coisa legal deste hotel é que eles não barram compras externas, ou seja, você pode ir no mercado da vila e comprar guloseimas para deixar no frigobar que é sussa.
Foto da frente do hotel para o mar (restaurante) e as espreguiçadeiras para dos hóspedes

área interna é muuuuito arborizada e com redes em vários pontos (além da que fica na frente do seu quarto)

área do deque de frente ao mar.

por outro ângulo

COMES E BEBES
Como literalmente todos os nossos passeios era na parte da manhã e acabavam no inicio da tarde, estávamos sempre em transito no horário do almoço. Resumindo: almoçar mesmo foram apenas dois dias, os demais foram mais coisinhas pequenas e lanchinhos. Entretanto todas as noites saímos para jantar. 
O cardápio como escrevi acima reina os peixes e frutos do mar, a não ser que você vá a um restaurante especifico como uma pizzaria ou algum temático, como um restaurante mexicano. Toda noite íamos para a vila (que é super charmosa) conhecer as lojas, locais e perambular pelos restaurantes para escolher o comes. Todos eles expõem na frente o cardápio e alguns ficam funcionários te chamando para entrar neles. Algo que percebi (ao menos em todos que fui comer) é que não tem picanha. Pratos com carne mesmo normalmente são com carne de sol, não vi uma sequer picanha na chapa ou algo parecido.
Voltando. A média de preço para duas pessoas: R$ 120,00 (almoço ou janta). Não houve nenhum jantar ou almoço que ficou fora desta faixa (R$105,00 - R$140,00) e isto que comemos de tudo: peixe, carne, pizza e comida típica mexicana. Bebidas era entre R$8,00 - R$14,00 cerveja e R$15,00 - R$25,00 drink. EU INDICO o restaurante do hotel que fiquei hospedada quando rolar aquela preguiça de sair, Restaurante Tchê BARbaridade, Milloca Texmex Music Bar, XáXá Grill e Xopperia e ao lado deste Xáxá têm uma pizzaria muito boa mas que não me recordo o nome. Onde se localizam? Todas na Rua Mucugê.

Mapa da Rua Mucugê

Vá ao Milloca Texmex Music Bar. Além de se5r super temático e com a culinária típica mexicana, o atendimento é dez e rola música ao vivo.

O QUE FAZER?
Se eu tivesse ficado 15 dias lá, seriam 15 dias movimentados! O que não falta é lazer lá. Passeios turísticos então nossa senhora, fica difícil eu listar todas as opções. Mas o que EU INDICO: Fazer mergulho (com cilindro e tudo, muito massa), fazer o passeio para o Recife de Fora (conhecer o 3° maior recife do Brasil), passeio de quadriciclo (onde pega trilha e a parada final é algum praia), ir passar um dia no Eco Parque (é em Arraial D'Ajuda mesmo), conhecer a Ilha dos Aquários, conhecer o quadrado de Trancoso (local histórico) , ir pelo menos uma vez na vila de Arraial D'Ajuda a noite e conhecer a Rua Mucugê (e o Beco das Cores e a Rua Brodway) e tirar alguns dias para conhecer as praias de Trancoso, Arraial D'Ajuda, Porto Seguro e Cabrália (praia dos Pescadores, Praia do Mucugê, Praia Taípe, Praia dos Nativos, Praia do Espelho, Praia Ponta do Apaga-Fogo, Praia Lagoa Azul... ). Gente é tanta praia e uma mais linda que a outra. 
Tire um dia também para fazer a travessia de balsa e conhecer Porto Seguro. A balsa é 24 horas e tem tanto balsa para veículos e pessoas quanto barcos apenas para pessoas. A faixa é R$10,00 - R$15,00. Em Porto Seguro tem tantas outras coisas para conhecer que faltou tempo para aproveitar tudo. Mas EU INDICO  conhecer os famosos AXE MOI e Tôa Tôa, mesmo que você não seja axézeiro e afins (eu fui e achei interessante mesmo não curtindo o estilo de música que toca. O que vale é a experiência. Agora pra quem ama o ritmo da Bahia vai para passar o dia inteiro), conhecer o Centro Histórico e a Pedra do Marco Zero, a réplica da caravela de Cabral e a Passarela do Álcool.
Já ia me esquecendo , tem também reservas indígenas para visitação. Eu e meu amor decidimos não ir porque estávamos em uma vibe mais aventura e exploração, entretanto pelas minhas pesquisas é um baita passeio principalmente para quem tem criança.

Dia do mergulho

Dia de passeio em Porto Seguro - Centro Histórico

No Recife de Fora :D


Mais mar e barquinhos

:P

Este é o Banco Pirata Sertanejo HSUDHSUDHUAHDS

Minhas polaroides de recordação da viagem.

Dia do Eco Parque, faltava fôlego para conseguir andar em todos os brinquedos. Eternas crianças



Outras Observações
EU INDICO também que se você puder vá de carro, independente aonde se hospedar (Porto Seguro ou nas vilas Arraial D'Ajuda ou Trancoso). Com veículo próprio você fica mais livre para passeios por conta principalmente na hora de conhecer as praias. Como a cidade de Porto Seguro e as vilas de Arraial e Trancoso são todas encostadas, você desbrava mais com seu carro do que ficar a mercê de vans e micro ônibus. Não é ruim ir sem carro porque a frequência de vans é muito intensa e para todos os lugares e praias mas, pensa comigo: Se você for para a Praia do Espelho de van tem hora pra sair e hora para retornar o que já pode ser um empecilho quando se quer dormir mais um pouco ou ficar mais um pouco no local.
Outra coisa, se for de carro encha o tanque na última cidade grande antes de chegar na vila (desconsidere se for ficar em Porto Seguro), porque a gasosa é muito cara lá. Chegamos a pagar R$3,38 o litro de gasolina.
Prefira se hospedar em Arraial D'Ajuda (que é onde fiquei) porque todo o agito esta lá! As charmosidades, as praias mais lindas, fica mais perto de Trancoso que da continuidade as praias mais tops, as lojas de artesanatos, o Eco Parque... Tudo esta lá. A noite a travessia entre Arraial e Porto Seguro é movimentadíssima do pessoal indo para a vila.
Todo dia saque alguma quantia porque passeios e afins é na maioria na grana, sempre leve por via das duvidas.

Resumão: foram uns R$5.000,00 entre gasolina, hospedagem, alimentação e passeios. A dica é pagar a hospedagem antes da viagem, assim é uma grana que sobra para mais passeios. 

Não deixem de entrar no meu Instagram! Tem muitas fotos ainda que não postei por causa do tempo, mas de uma chegadinha :)


Postar um comentário