sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Uma coisa: Dezembro ta foda








Taca-lhe pau no som e lê o último mimimi da ano! (Versão Remix e Original)

Eu comecei o ano de uma forma tão "foda" que cheguei a pensar "opa, agora a coisa vai!". Dei check em inúmeras conquistas que nunca imaginei atingi-las ainda neste ano e foi incrível a sensação! Assim como aconteceram muitas coisas legais este ano:
  1. Assisti o show de uma banda que curto, me aventurei com um casal de amigos que tinha a recém conhecido e foi uma experiência sem igual; 
  2. Aumentei a minha coleção de livros;
  3. Conheci Curitiba! Amei a cidade, o estilo das pessoas, o clima de uma cidade grande que é ao mesmo tempo tranquila;
  4. Fechei o ano na pós muito bem, meu desempenho foi bom e estou feliz em não ter perdido rendimento conforme o fim do ano se aproximava;
  5. Comprei uma câmera fotográfica instantânea *_______*
  6. Pirei na bebida em um casamento de amigos, hahahaha. 
  7. Completei o primeiro prazo do TCC, estrela no canto do caderno pra mim;
  8. Atingi a minha meta de guardar grana e vou poder viajar ainda este mês;
  9. Sim, eu estou trabalhando igual uma condenada, estou estressada demais, sem tempo, as vezes até desmotivada por tanta coisa estar empacando o meu trabalho mas, mesmo com tudo isso estou feliz porque estou aonde eu gostaria de estar e com o apoio que precisava ter para seguir em frente e não desistir;
  10. Risquei mais um item da lista de 2014 quando me aventurei em começar Inglês, de novo! Faz muitos anos que fiz mas desta vez será pra valer porque tenho uma meta que depende disso: Intercâmbio;
  11.  Ah, me aventurei nos investimentos e de quebra prendi um pouco sobre este submundo de Títulos e CDB's;
  12. Fiz o curso de Auditoria que tanto queria, entretanto a muito o que estudar ainda. Dei apenas o primeiro passo; 
  13. Vou viajar pela segunda vez este ano para um lugar que não conheço :D
  14. Recebi tantos presentinhos legais no meu aniversário que me senti a pessoa mais fofa do mundo (sendo que não sou). Foi legal, agora é 25.
  15. E agora eu sou oficialmente "Madrinha" de alguém e não é filho da minha irmã;

Fora isso o resto foi tudo uma grande BOSSSSSSSSTA
  1. Não me organizei em aprender artesanato como gostaria;
  2. EU que já não tenho muita paciência me tornei uma pessoa mais sem paciência ainda, me irrito mais fácil com pequenas coisas;
  3. Não suporto mais piadas sem graça das pessoas;
  4. Perdi aquela resiliência em ver tanta babaquice e não perder o prumo;
  5. Não cuidei da minha saúde como gostaria este ano (academia passei looooooooooooonge, nem corrida consegui manter um ritmo);
  6. Adquiri uns vícios que não são legais;
  7. Não sei se passarei no concurso público que gostaria. Não estudei, é verdade, mas não custa nada sonhar com um destino foda no uni-duni-tê;
  8. Não consegui otimizar meu tempo para ter mais tempo para os meus amigos;
  9. Não decorei meu quarto mas também nem vou colocar isso pro ano que vem porque, sinceramente, a casa é dos meus pais e agora eu quero é o meu canto. Isso sim. 
Por isto eu quero fechar este ano muito bêbada na virada e com a classe que ele merece: 

NENHUMA!

E começar o ano que vem muito ao estilo psicopata em atingir as metas da minha nova lista. EU quero ser uma pessoa melhor. Juro para vocês.
Quero ser querida, quero ter tempo, quero poder ter paciência (e tempo) para ter aqueles momentos de frescurites femininas, tempo e paciência (também) com a minha família e ir mais vezes ao salão (eu não sei como tenho namorado ainda oO).
Resumindo, em 2015 quero comprar umas coisas que são importantes para mim, terminar com êxito a minha pós e procurar outra que me agrade e que seja mais focada em um tema (me especializar em uma área mesmo), quero continuar a investir, continuar consciente quando o assunto é dinheiro, continuar também com uma viagem por ano para algum lugar que não conheço e com o Inglês.
No rol dos "começar" eu quero fazer Yoga só pelo motivo de aparentemente as pessoas que fazem são mais zen, eu preciso ser mais zen... Uma nova pós como escrevi ali em cima, um novo pé de meia para um intercâmbio e começar a parar (haha) os vícios tolos que adquiri em 2014. Começar a lecionar em algum curso técnico ou ser mentora, a cuidar da minha saúde (preciso) e a beber uma dose toda noite.
Esta é a grande constatação de 2014: Eu era feliz quando bebia mais álcool. O 2014 careta não foi tão divertido como os demais, cheguei ao ponto de não descer mais que duas latinhas porque ECA, não vai. 
Precisamos de loucuras para nos sentirmos vivos. Trabalho, estudos, rendimentos e cama não é uma boa ideia de viver todos os dias.

Postar um comentário