terça-feira, 4 de novembro de 2014

E colorir o dia cinzento



Não há problema algum em acordar meio azeda, certo? Certo!
É o mal humor que inicia-se um segundo depois de abrir os olhos, aquele desejar profundo por férias; estas cansada, exausta, só o pó da gaita. A velha sensação de ter dormido igual a uma pedra e mesmo assim parecer que ficou pulando a noite inteira em alguma night psicodélica. Olhar pela janela e ver tudo cinza, odiar quando receber um sorriso feliz de bom dia e achar todos alegres demais, chatos de tanto alegres.
Eu entendo você. Mas e ai, fico o dia inteiro idolatrando esta nuvem preta em cima da minha cabeça? Fico com uma expressão de "não chega perto que eu mordo?"? Hahaha, não querido, diga pra si mesmo "E Haja LUZ". Sai dessa amigo!
Dias estranhos todos temos e só da vontade de deitar em posição fetal, colocar o ar-condicionado em 16°C e ficar tão encolhido enrolado em um cobertor que facilmente poderiam nos confundir com uma pedra.
A minha solução arco-íris é a música. Música te faz feliz, triste, dançante, com sono, eletrizante... Faz tudo! Nestes dias a primeira coisa a se fazer é recusar-se a permanecer neste estado espiritual negro, tomar um banho relaxante, aquele café da manhã delicioso, ir para a faculdade/trabalho sem pressa, dar bom dia as pessoas mesmo que ainda saia meio torto e ouvir uma música, aquela música zen que só falta falar pra ti "põe um sorriso neste rosto lindo que a vida é bela!".
E hoje, esta música é a Rude - Magic!


Postar um comentário