sábado, 13 de novembro de 2010

Insomnia



Queria ter eu motivos para sorrir e para quem sabe acordar de manhã e ir para a janela, se em minha vida houvesse janelas. Às vezes a tristeza se apossa de mim me impedindo de ver todas as coisas maravilhosas que tenho ao meu redor, em vez disso vejo o pacato e a nada mansidão dos meus dias.

Vejo-me presa em algo que nem sei, eu não consigo andar, não consigo evoluir. Percebo minhas noites cada vez mais inquietantes, incomodativas. Sinto vontade de sumir.

Eu não queria estar aqui, nem ali e nem em lugar nenhum. Eu nem sei aonde eu gostaria de estar agora. Talvez seja isto que tanto me incomoda, talvez seja também isso que tira o meu sono e quem sabe a minha vontade de viver.






V.S.R

Postar um comentário